Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras Soltas I

Não, diga que não sente falta do meu cheiro
As palavras que saem dos teus lábios
Os teus olhos desmentem
Meu coração entende ...


Que de todas as coisas que o teu almeja
O principio e o fim que deseja
É ver a  alegria, a felicidade a paixão
É sentir-te verdadeiro nos verbos que pronuncias ...

Te denuncia
O jeito que teu olhar tem de me seguir pelas ruas
O teu andar lento
Contra o vento, que ao ver-me
Traz-te nostalgia...de tudo...

Tu me vês alegre a passear
E é por ti que estou a esperar
São com teus beijos que estou a sonhar
É de tuas mãos o carinho que acorda a minha vida .


Somos duas almas
Perdidas no firmamento que no apice da vida
Ganhamos de prêmio esse encontro
O momento de se completar.

Já passamos da crise da desesperança
Amor, sou tua criança
Vem me acalentar
Se tem uma coisa que desejo hoje, é somente te amar!
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 06/07/2006
Código do texto: T188874

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:22)
Wanda Ayala