Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucos

Me tocas, minha alma vibra
O calor de tuas mãos aquece meu corpo
Teus beijos me tiram o rumo
Tuas carícias me enchem de prazer
Ah! A tua língua...
Me alucina, me deixa sem prumo 
Perco o rumo
Tua voz, doce, cadenciada
Murmurando indecências aos meus ouvidos
Eu, em êxtase, enlouquecida
O sangue fervilhando, o corpo te chamando
Fico louca contigo
Te sigo, persigo, te instigo
Te puxo para mim
Arranco gemidos de ti
Sinto tua pele irisar
Teu corpo incandescer
Agora eu te domino
Faço de ti menino
Sou tua ama e senhora
Tu te rendes aos meus caprichos
Te instigo
Com minha boca te deixo louco e pervertido
Tudo de ti é meu
Teu corpo, tua alma, tua mente
Me olhas, me pedes
Teus olhos brilham
Tua boca me busca
Eu te conduzo
Tiro de ti gritos de prazer
Te sinto inteiro em mim
Intenso, vibrante
Macho e fêmea, loucos
Molhados, ofegantes, olhos extasiados
Cansados da luta
Ficamos agarrados um ao outro
Até a mansidão nos tomar
Olhos nos olhos
Sorrisos escancarados 
Me envolves em teus braços
Um doce beijo
Abraçados adormecemos...

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!

***

Beijos

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 07/07/2006
Reeditado em 27/05/2012
Código do texto: T189278

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146139 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:44)
Dama De Negro