Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DORES DA NOITE

Se tu soubesse,amada, do vão infinito
que cada lua,brinco maior da galáxia,
deixa neste olhar meu, frio e apaixonado;
não me deixarias nestas tristes noites tão só

Se canta o pássaro ao longe
estalando os grandes e nús corredores.
desespera-se a louca paixão em meu peito
e juro, é amarga a pontada do amor

antes de conhecer os teus lábios, amada,
e o abismo que surge dos teus olhos profundos
achava engraçado o cançado sorriso noturno

Mas agora, que os teus beijos invadiram meu corpo
fico perdido a olhar para o escuro infinito
e choro, fraco poeta, loucamente a te procurar.
hervulus
Enviado por hervulus em 07/07/2006
Código do texto: T189295
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
hervulus
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
13 textos (761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:56)
hervulus