Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMORES SIDERAIS

Descansa teus pés de marés em minhas areias,
Hoje é noite de lua clara e linda e cheia
E ainda não me beijaste com gosto de sal...

Rabisca tuas galáxias nas escamas do meu peito,
Hoje é dia de oferenda, leva logo pr'esse leito
em tua concha sonhos d'água, desvairado vendaval...

Tremem estrelas e astros,
Rugem leões de alabastro,
O mar lá se vai,perfumado,
Envia suas ondas aos rios,
Diz que sozinho faz frio,
Inveja teu corpo amado...

Brilhos no ar faço ao beijos e sou-te navio de desejos,
Ancoro o amor em teu cais e dou-te presentes, segredos,
Tudo que as mãos aprenderam feito eternos sinais...

E o tempo, quieto, parado, espera o instante certeiro,
Pois sabe que ao menor movimento o universo inteiro
Será dança, canto, será, sim, será explosões siderais.


Preto Moreno



 
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 09/07/2006
Reeditado em 09/07/2006
Código do texto: T190419

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6765 textos (102454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:50)