Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procura-se um amor

             
      Procura-se um amor inesquecível:
           na medida certa do carinho,
           na exata dimensão dos meus desejos,
           que acompanhe todos os meus passos...
           Que ocupe todo o espaço do meu ninho,
           que sacie toda esta sede de beijos
           e me supra toda esta fome de abraços!

      Procura-se um amor inconfundível:
          Aquele que, ao chegar, se reconhece,
          que se pergunta porque demorou tanto
          e passa-nos tão louco encantamento;
          o amor que a gente nunca mais esquece,
          que nos devolve à vida todo o encanto
          e faz-nos recordar cada momento!

     Procura-se um amor muito sensível:
         Aquele amor que só o olhar já abala
         ao se ler neles ardores indecentes
         mesclados a sorrisos pueris...
         Ah, aquele amor cujo toque tanto fala
         e que, na falta, nos deixa tão carentes
         e mostra a diferença em ser ou não feliz!

     Procura-se um amor inconsumível:
         Ah, eu preciso desse amor que me perturbe
         com o olhar brejeiro e cheio de malícia
         mas com sorriso de criança travessa...
         E não importa o quanto me conturbe:
         eu quero é mergulhar nessa carícia
         e me envolver dos pés até a cabeça!

     Procura-se um amor incorrigível:
         Eu quero essa paixão intensa e forte,
         Repleta de rompantes de loucura,
         que me coloque o peito em pé de guerra!
         Que me extrapole até a própria morte,
         que seja voraz, mas pleno de ternura,
         e todo o meu pudor ponha por terra!
Luiz Roberto Bodstein
Enviado por Luiz Roberto Bodstein em 10/07/2006
Reeditado em 22/03/2012
Código do texto: T191180
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Roberto Bodstein
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
74 textos (40451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:55)
Luiz Roberto Bodstein