Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando o amor vem chegando

Nem  sei porque ensopei com meu pranto
minha restrit'alegria em tua insana busca,
pois minh’alma,d’outrora trouxe o encanto
de juras trocadas ao selo de emoção branca!

Não obstante ainda te procure sem descanso,
para dessedentar est’alma carente do mundo
encontrar e s'ofertar ao silêncio do espaço,
louvo-te por dares à vida minha um sentido!

Pondo-me a correr entre rosais que te darei,
tua imagem me acompanha, oh doce promessa!,
parida na florescência d’estranha esperança,
bálsamo mental a ruir o desengano que criei!

Ouço teus passos chegando à herdade remota,
tão próxima, tão divina,nossa casa prometida,
à qual nos sentenciamos em leal jura discreta,
transcendendo a treva,que de emoção flameja!

E os caminhos se encobrem de flores, adorado,
o suave silêncio que na mente bordou estrelas,
já incorpora à nossa canção teu nome tateando
racimos da meiguice perfeita que me desvelas!

Santos-SP-11/07/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 11/07/2006
Código do texto: T191733
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:08)
Inês Marucci