Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0746 - Céu da boca




Teu gosto cola no céu da boca,
meio estrela, meio sol,
até que o inferno queima a língua,
deixa acontecer no beijo,
o pedido, o sonho.


Imagina meu corpo na tua boca,
aqueles gritos de realidade,
como imaginamos,
noite adentro,
dentro de ti.


Faça a boca abusar,
a minha, correndo maluca,
em um piscar de luz,
uma viagem, um êxtase ou dois,
um qualquer lugar que imaginar.


Que as estrelas brilhem no teu corpo.
no céu da boca,
no sonho,
 na realidade do beijo,
meu e teu... no gozo.


11/07/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 11/07/2006
Código do texto: T191827
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:20)
Caio Lucas