Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



CONDUTA


ó Senhora da minha Poesia,
esses Teus olhos me dizem
que meus modos condizem,
que eles fazem Tua Alegria!

a Conduta qu'eu perseguia,
essa qu'os Céus bendizem,
e que as sombras maldizem,
é o Amor fraterno que guia!

pressenti isso, na meninice,
embora tenha sido o 'arteiro',
um fazedor de muita bobice;

agora, também sou 'seareiro',
mesmo que eu sinta a velhice,
na Seara do Amor verdadeiro!

Moacir ad Selena 2006
brilhe a vossa LUZ!


e dizia-lhes: Na verdade, a seara é grande,
mas os trabalhadores são poucos; rogai,
pois, ao Senhor da seara que mande
trabalhadores para a sua seara.

(Lucas 10:2)

Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 12/07/2006
Código do texto: T192718

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71186 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:46)
Moacir et Selena

Site do Escritor