Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Delirios Neptunianos

Sigo a trote num cavalo,
Alado em meu pensamento
E enfrento toda a bruma,
Com os cabelos ao vento!

Atravesso uma barreira,
Essa linha imaginária,
Onde a magia se cria,
Numa onda refractária!

Sinto no rosto a maresia,
Uma maciez quase Mel,
Uma fragância tão pura,
Uma frescura na pele!

Meu cavalo estancou ali!
Por entre o Sal e Espuma..
Recusou a caminhada…
E de passadas, nem uma!!

Neptuno, dos fundos me chama..
Com uma voz forte e doce,
Mas também com voz de amante,
Aquela voz que toma posse!

Toma-me tu! Deus dos Mares,
Deste Mundo sem ter fim..
Recolhe-me nas tuas ondas
E deixa-me findar assim...!

Dou-te búzios, por diamantes
Dou-te areia fina, por ouro,
Pois que o amor sincero,
é o meu Unico Tesouro!
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 13/07/2006
Reeditado em 13/06/2010
Código do texto: T192940

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:05)
Aguarela Matizada