Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O vento do norte



                          O VENTO DO NORTE


O vento do norte que surgia
Trazendo a brisa fria da manhã
Esse mesmo vento me dizia
Que sentia o doce aroma da maçã

Todas as manhãs já o aguardava
E essa não podia ser diferente
Sentia os rumores que ao passar deixava
Que brisa! Que forte vento corrente!

Infeliz vento do norte
Sempre contigo a sorte
E o aroma das flores
Infeliz vento do norte
Acompanha-te agora a morte
E dos desgraçados as dores

Um sorriso que faz o dia
Hoje é simplesmente agonia
E eu que te contemplava
As dores eram fortes
O tempo não cicatrizou os cortes
 E eu que triste agonizava.

Oh! Vento do norte
Vem dizer que sou forte
 Oh! Brisa penetra em meu peito
Vem me acalentar ao meu leito
Vem cantar em minha morte.

Valter Figueira
Enviado por Valter Figueira em 13/07/2006
Código do texto: T193119
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Figueira
Carlinda - Mato Grosso - Brasil, 48 anos
39 textos (2147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:00)
Valter Figueira