Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renovação


 
 
Já não sei mais das vozes que ouço,
nem a forma que ganham no corpo acústico onde me vejo,
um sopro, respiro sem lamento no toque do tempo,
levando as horas, são apenas lembranças que tenho.
 
 
Foge-me aos olhos o despontar do novo,
esperança vestindo luto em um corpo pequeno,
nada é o tudo que penso,
ação sem reflexo nos espelhos que à noite me traz
fingindo ser lua, é apenas criação nas mãos de um destino voraz.
 
 
Deito-me nos rios que correm renovando as forças que trago,
é sempre o novo nas águas que não param seu movimento,
visto-me das luzes desse sol que se põe no peito feito de fé,
tocando o semblante sofrido no que sabe do dia que virá depois
da nova noite que começa despontando o céu no manto que começa cair.
 
 
26/04/2006
 
Aisha
Enviado por Aisha em 13/07/2006
Código do texto: T193259
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:04)
Aisha