Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO



O cantor na cederola me enrola com seus versos de tristeza
Enquanto eu, de sobremesa, como versos sem poder dizer um a;
Ela pinta suas unhas com a arte de estilista,
Trinca os dentes se a chamo, ela está ao telefone,
Em desespero quer a calça que viu ontem na vitrine,
O sapato new stile, o cabelo low profile,
Diz que amanhã é longe, o desejo não é Bond,
Quer um homem natural...
Quando lê Paulo Coelho diz que urina nos joelhos,
Gosta de ver Jô Soares, compra um monte de espelhos
Pra melhor se enxergar...
Nova York é muito pouco, diz que o barato louco
È Marrocos ou Irã...
Veste as minhas camisas, vem, me beija, me inferniza,
Auto-ajuda? Quem precisa? Quem não vem não pode estar...
Se manda cedo pro analista, diz que me deixou uma lista
Do que quer para o domingo, gasta uns trocos lá no bingo,
Bebe uns drink's com as amigas, diz que viu numa revista
Uma praia ensandecida, vai reservar duas passagens,
É só mais uma viagem que faremos pra uns acertos,
Diz que eu não tenho conserto, só preciso de uns apertos
No meu cérebro de idéias, é melhor eu me curar...
Vem a noite, já é sábado, uns uisquinhos e queijinhos,
Tira a roupa e me chama, quer trançar lá sobre a cama
Uma dança que aprendeu...
Se entrega feito fera, me assanha, me escalpela,
Me comeu, diz que foi ela que preparou o jantar...
Em suave aroma encosta seu corpinho-graviola,
Ronronando me devora com seu jeito sedutor,
E eu, cansado, me iludo quando ela meu escudo
Vem e acaba de quebrar...
Sei que o dia já vem vindo quando a noite vai sumindo,
Ela acorda e sorrindo diz que não sabe amar...



Preto Moreno

 


 

Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 13/07/2006
Código do texto: T193350

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6780 textos (102538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:07)