Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUM SÓ, O BATER DE UM MILHÃO

                Desculpa, este também é para ti...
              A ti, a mais sublime entre as sublimes
                     NUM SÓ, O BATER DE UM MILHÃO

Ouve o bater do meu coração
Ele bate por ti

Num só, o bater de um milhão

É a mais bela
E doce canção
Sozinho perante o Universo

Num só, o bater de um milhão

Quando te vejo
Ou simplesmente penso em ti
Há uma secreta emoção
Que move a máquina

Num só, o bater de um milhão

É a minha voz para ti
E para os Deuses
Que se ouve entre uma multidão
Escuta…

Num só, o bater de um milhão

Eco
Duma batalha
Que estou sempre a perder
Embora sem sofreguidão
Nunca me rendi
Nem hei-de render

Num só, o bater de um milhão

Amor, imenso amor
Que tenho para dar
Embora não te queira com ele
Chamar a tua atenção
Lânguido imortal
Que é teu
Para o todo sempre
A minha impressão digital da alma

Num só, o bater de um milhão

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 13/07/2006
Reeditado em 13/07/2006
Código do texto: T193355

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 03:55)
Miguel Patrício Gomes