Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Serei eternamente tua pois,
só tu conheces meu cheiro,
meu gosto e meu corpo.
Tu podes me magoar,
me fazer calar e,
ainda assim serei eternamente tua.
Deixarei que beijes outras bocas,
que toques outros corpos,
que sintas o prazer de outros gemidos
e que conheças o íntimo de outros seres.
Deixarei.
Para ter a certeza de que
voltarás e que entenderás que
quando beijaste outra boca
- era a minha que tu querias,
que quando tocaste outro corpo
- era o meu que querias tocar,
que quando sentiste o prazer de outro gemido
- era o meu que querias sentir e, que,
finalmente, quando conheceste
o interior de outro ser
- era o meu interior que tu buscavas
em tuas infinitas procuras.
Deixar-te-ei livre, para teres a certeza
de que és meu e, assim voltar
com a certeza de que ficarás.
E então, depois de tantas buscas infindas suas,
revelar-te-ei que estava a sua espera,
assim como sempre estive.

Hedi Diniz
Enviado por Hedi Diniz em 13/07/2006
Código do texto: T193500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hedi Diniz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
1078 textos (99195 leituras)
1 áudios (264 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:27)
Hedi Diniz