Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passarela das solidões


Você, Rainha da noite
desfilando na madrugada
de braços em braços tu vives
sem ao menos saber o que quer
fazes da noite teu meio de vida
pêlos bares da vida vais bebendo
tristezas, no cálice das ilusões.
vende teu corpo a quem da mais
pelo simples prazer de uns minutos
acalmar a fera que vive em você
sem importar ou pensar no amanhã
quando a noite acaba, partes só.
sem ninguém, sem um peito amigo.
a, ampara-la na passarela das solidões.
onde desfilas, buscando pôr guarida.
no seu quarto em frente ao espelho
enxuga a lagrima que rola no rosto
retira a maquiagem e se decepciona.
pois descobre que não tem mais nada
alem de seu corpo, velho e cansado.
de rolar nos braços da desilusões.

vovonei

Balneário dos Prazeres, 1982








Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/07/2006
Código do texto: T195095
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:50)
Volnei Rijo Braga