Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO

À S. cujo amor e amizade se fundem num sentimento belo, belo, belo
                                NÃO

Consigo dormir
Na inconstância
Dos meus sonhos
Porque é contigo
Que gostava de estar
Que gostava de ir

Não

Tenho nem uma paz
Nem uma guerra declarada
Tu para mim és tudo
E tenho medo
Que eu para ti
Seja nada…

Não

Me sai a palavra
Certa da boca
Ela fechou-se
Falo
Com os olhos
Na inconstância
De uma alma que te ama
E que por vezes
Dá em louca

Não percebo

O que se passa
Com a minha razão
Amo-te do fundo de tudo
Sou teu amigo
Gostava de ser ambos ao mesmo tempo
Pergunta retórica a mim próprio
Que
Não vê resolvida
Essa questão

Não

Sou mais do que filho
Do pó das estrelas
Amei talvez demasiada gente
Antes de ti
Mas tu és
A principal
De todos os meus desenhos
O que fica melhor na minha infinita tela

Mando beijos
Para o ar
Poemas e afectos secretos
Para onde penso estares
Pois estou sempre contigo
Reza sem o ser
Palavras de um amigo
Mas também de quem te ama
No calor de uma alma
Que por ti clama
Pois tu
Apareceste do nada
E de repente
Fazes parte da minha imensidão
Sofro quando sofres
Choro quando choras
Respiro quando respiras
Pelo simples
E dilacerante motivo
Que enquanto as minhas estrelas existirem
E os sonhos não me abandonarem
Serem o meu abrigo
Que mesmo que nada diga
Nem apareça
Que quando não estou
Estou
E estarei sempre contigo…

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 16/07/2006
Código do texto: T195218

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5078 textos (170361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:56)
Miguel Patrício Gomes