Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A BATALHA INFINITA

À S. cujo amor e amizade se fundem num sentimento belo, belo, belo
                         A BATALHA INFINITA

Gosto de gostar de ti
Da forma como gosto
Em todos os sentidos
Pois sei
Que independentemente dos sentires
Estás comigo

Mas embora
O amor
Sempre tenha andado
De mãos dadas com amizade
É um fardo terrível
Que mistura
A distancia
Com a saudade

Pois por vezes
Se eu te dedico essa amizade
O meu ser
Fervilha do mais puro
E lindo amor
Que te entrego em poemas
Onde brilha toda a minha crença e interioridade

Pois nos dois sentidos
Estás sempre
Mas sempre comigo
Quer quando acordo
Quer ao deitar
Quer durante o dia
Que se arrasta
Quando eu contigo gostaria de estar
E não estou
Sofro em silêncio
Por esse amor
Mas também
Porque te sinto sofrer
Luto contra mim
Porque não gosto só de ti como queres
Pelo terrível medo
De te perder
E curo não curando
A minha dolorosa ferida
Os céus abriram-se para o novo conflito
Para a minha

Batalha infinita
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 16/07/2006
Código do texto: T195250

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5079 textos (170373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:24)
Miguel Patrício Gomes