Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amo-te

Amo-te


Amo-te ao amanhecer quando acorda descabelada
Amo-te nessa mesma hora quando esta toda inchada
Amo-te depois que se levanta quando vai tomar seu banho pra trabalhar
Amo-te Amo-te tanto nunca hei de reclamar

Amo-te quando esta no serviço longe de mim
Amo-te nessa distância que não parece ter fim
Amo-te ao meio dia quando entra aqui
Amo-te as todas as horas,minutos,segundos sem fim

Amo-te quando reclamas
Amo-te quando bates em mim
Amo-te nas hora difíceis
Amo-te tanto que não tem fim

Amo-te mesmo na doença
Amo-te mesmo na sua ausência
Amo-te até de baixo d’água
Amo-te e nunca acaba

Amo-te de manhã
Amo-te a tarde
Amo-te a noite
Amo-te de madrugada
Amo-te fazer guarda

Amo-te proteger
Amo-te defender
Amo-te com roupa
Amo-te sem roupa
Amo-te com todos os problemas
Amo-te com todos os dilemas

Amo-te até depois da morte
Amo-te até sua falta de sorte
Amo-te seu corpo inteiro
Amo-te sua inteligência
Amo-te primeiro

Amo-te tanto
Amo-te seu pranto
Amo-te quando és fria comigo
Amo-te que até arrepia

Amo-te de qualquer jeito
Amo-te sem braços
Amo-te sem pernas
Amo-te sem tudo
Amo-te sem nada

Amo-te até exaustão
Amo-te na solidão
Amo-te meu amor
Amo-te de verdade
Amo-te na mentira
Amo-te na vaidade

Amo-te e pronto
Amo-te mas ainda
Amo-te falto muito
Pra dizer o quanto te amo.........


Allan Garrido
Poeta Allan Garrido
Enviado por Poeta Allan Garrido em 17/07/2006
Reeditado em 02/07/2013
Código do texto: T196162
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Allan Garrido
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 37 anos
305 textos (11107 leituras)
16 áudios (726 audições)
10 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:26)
Poeta Allan Garrido