Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMOS APENAS MELANCOLIAS

Estranho este amor que diz ter,

esta forma de carinho se nada

declara ou faz.



Estranho, há tanto tempo

tenho os teus braços,

mas o calor deles ainda não conheço.



Em todos os momentos

sinto teu hálito espargindo

fragrância de rosas,

porém,sinto-me perturbado,

não sei o que é beijar os teus lábios.



Não nos desligamos um minuto sequer,

vivemos de mãos dadas,

como repousamos lado a lado,

mas sinto que não sou amado.



Nunca soubemos o que apresenta

a madrugada, nem conhecemos

o que trás um novo amanhecer.



Nunca contamos estrelas,

nem fomos admirados pela lua,

como não conhecemos a

magnitude de seu brilho.



Somos enfim, participantes da vida,

sem direitos para nada exigir,

somos apenas melancolias....











Wil
Enviado por Wil em 18/07/2006
Código do texto: T196395
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84618 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:17)
Wil