Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A noiva e o black-tie

Meu amor deixe a lâmpada acesa que quero te ver vestida de noiva
Mas, desta vez quero vê-la preparada pra mim.
Nem que seja pra mim uns poucos segundos de emoção amor
Devo confessar que me maravilhas assim

Meu amor enormemente belo,eu vim por quê te amo, vim de black-tie
Tentei vir o mais simples possível
Você meu grande amor por mais que tente disfarçar
Encontra-se sempre irresistível

Quero revelar ateu pescoço desprevenido, os beijos que pretendo
E acariciar teu rosto que sempre me encanta
Teus cabelos dourados postos amarrados de modo tal
Que teu pescoço e teus ombros fiquem nus

Teu véu preso na tiara é branco, como as rosas do meio do salão
E as que margeiam as alvas são róseas, quase vermelhas de paixão
Como o amor que vejo na humildade de teus olhos
E nas chamas do teu coração

Há detalhes lindos nos teus dedos, nas tuas mãos pequenas
Poucos anéis a sua escolha, mais de simplicidade, perfeitos
Se os brincos te incomodarem meu amor, não precisa usá-os
Nem o resto da roupa, assim estará linda do mesmo jeito

O desenho da tua boca está realçado pelo batom de cor suave
Com teus lábios naturalmente rosados
Qualquer palavra tua que sempre foi uma ordem a minha alma
Ordene que meus sentimentos se ponderem

A candura de teus olhos que já te disse tanto, enche-nos do eu perfume de pureza
E todos ficam como sempre maravilhados com você
Meu amor, toda vez que respiras me surpreende, toda vez que canta me prende
Convidamos teus amigos, mesmo que poucos

Teu vestido todo branco e sem calda, emoldura a mais divina obra-prima
Teu corpo sempre perfeito temperado a teu sorriso
Feito agradavelmente ala anjo maior
Tu com a expressão de quem morre de vergonha de ser tão bonita...

Meu amor está na hora... E quando dizes: “sim”
Os sentimentos que eu pedi pra ponderares de mim, transbordam meu peito
Então meu beijo é inevitável, e tu diz: “Meu amor espere a hora certa”
Enquanto existirem meu amor, as horas estarão sempre perfeitas.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 18/07/2006
Reeditado em 18/07/2006
Código do texto: T196420

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:11)
Andrié Silva