Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema do amor duplo.


Autor: Daniel Fiuza
30/10/2001

Por favor, me esqueça
Não me procure mais, desapareça,
você mente quando diz
Vai me amar para sempre.
Vai me deixar bem feliz.
Você vai mudar eu sei
nosso amor não foi perdido
você significa tudo para mim
nosso amor não vai morrer assim
percebo que não quer me esquecer;
porque se engana ao dizer,
Não te amo mais!
Porque me diz então,
essa é a verdade do seu coração?
Será que não me quer amar
seus olhos falam o contrário
não diga que não me ama
o amor é tudo na nossa vida
vamos viver essa emoção
Nunca é tarde para a reconciliação.
vamos viver essa emoção
o amor é tudo na nossa vida
não diga que não me ama
seus olhos falam o contrário
será que não me quer amar
essa é a verdade do seu coração?
porque me diz então,
não te amo mais!
porque se engana ao dizer,
percebo que não quer me esquecer;
nosso amor não vai morrer assim
você significa tudo para mim
nosso amor não foi perdido
você vai mudar eu sei
vai me deixar bem feliz.
Vai me amar para sempre.
você mente quando diz.
Não me procure mais, desapareça,
Por favor, me esqueça.

Esse poema pode ser lido: De cima para baixo, de baixo para cima, do meio para cima, ou do meio para baixo, sem mudar o seu conteúdo.

Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 18/07/2006
Código do texto: T196958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:30)
Domfiuza