Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR ASSIM DIZER...

Por assim dizer.
É que fui enfeitiçado.
Levado ao caminho da dor.
E na tristeza e sofrimento.
Eu nem mesmo percebi.
Que ainda estavas ao meu lado.
Desejando  meu amor.
E os dias foram passando.
Da qualidade ao sofrer.
Queria mesmo era teu beijo.
Te abraçar e te envolver.
Mas a vida levou meu nome.
E nas andanças malditas.
Desenhei numa entrelinha.
Das páginas eruditas.
O teu jeito de Rainha.
Bendito seja teu ser.
Que à todos é bem quisto.
Da certeza ao imprevisto.
Joguei palavras ao vento.
E aquele breve momento.
Tão difícil de entender.
Ficou...
Por assim dizer!
O Guardião
Enviado por O Guardião em 19/07/2006
Código do texto: T197373
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34435 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:45)
O Guardião

Site do Escritor