Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:www.hai-kai.blogger.com.br/namorados.jpg


PULSAÇÃO

Pulsa, desenfreado, o sentimento,
que resiste a tempestade,
que rouba o momento,
que faz sentir culpa,
que vira tormento.

Pulsa, desenfreada, a paixão,
que nasce desprovida de razão,
que cresce com sofreguidão,
que se faz fonte de inspiração,
que desnuda a verdade do coração.

Pulsa, desenfreado, o sonho,
que camufla a realidade dos dias,
que acorda ao sol do meio-dia,
que se sustenta em promessas,
que a liberdade, aos anseios, sentencia.

Pulsa, desenfreada, a coragem,
que revela a guerra da inquietação,
que racionaliza qualquer emoção,
que se agita, chora e grita,
que pede socorro para o amor que palpita.

Pulsa, desenfreado, o coração,
que se convulsiona no sentimento da paixão,
que se perde no sonho da inspiração,
que acorda no leito da inquietação,
que se socorre onde o amor habita.
Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 21/07/2006
Reeditado em 05/01/2011
Código do texto: T198797

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71902 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:53)
Rosa Berg