Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

com som em
http://www.moacirindio.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=199126


MONA


olhei para Ti, e me fui a nocaute,
Tu fizeste-me, sim, beijar a lona;
Teu olhar deu no meu o blecaute
que me fez amar-Te, linda Mona!

mudei por completo o meu leiaute,
icei minhas velas, até a bujarrona;
o meu papel sejas Tu quem paute,
do meu Coração sejas Tu a Dona;

meu autiluque virou agora lucaute,
minha acordeona já virou sanfona;
não há som que um violão aflaute,
por isso Beethoven parou na Nona;

mas, se disseres que não, que és durona,
irei embora prá Pasárgada, até de carona!

Moacir ad Selena 2004
brilhe a vossa LUZ!

eu abri ao meu amado,
mas ele já se tinha retirado
e ido embora

(Cântico dos Cânticos 5:6)
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 21/07/2006
Reeditado em 21/07/2006
Código do texto: T199126

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71183 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:43)
Moacir et Selena

Site do Escritor