Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem é você:


Quem e você,
Que chega assim do nada
Olha-me e me diz, eu te quero.
Como se eu fosse um objeto
Colocado ali, a sua disposição.
Colocas-me contra parede
Sem ao menos, perguntar-me.
O que eu acho, o que eu penso.
Deixando-me num beco sem saída
Sem poder reagir e lhe dizer não.
Mas não vejo como fugir de você
Sem comprometer minha vida
Pois se eu fizer o que você quer
Estarei cometendo um engano
Que lamentarei para sempre
Será o mesmo que ir para prisão
E perder a minha liberdade
Por uma mulher sem pudor algum
Que vive, em busca de um amante.
Que satisfaça todos seus desejos
E a faça viver, uma intensa paixão.
Onde os sentimentos não contam
Pois eles não fazem parte de você
Que se alimenta e vive de egoísmo
Sem pensar nas coisas do coração!

Volnei Rijo Braga

Pelotas: 01/07/06




Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 22/07/2006
Código do texto: T199169
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:27)
Volnei Rijo Braga