Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A namorada.




Indefinidamente...
É a estrada que virtua...
Ora coração, hora realização
Vem, vem contente
Vai, vai triste
Às vezes contexto destruído
Mas, as construções são superiores.

A idade cresce...
Intencionalmente abastece...
É como o progresso,
Virtua, virtua...
Mas, acontece.

Um medo existe
Porem a confiança é abundante,
Mentira e verdade
Ainda estão na trilha,
Mas, o socorro sempre invade
Cura a depressão
Dosa homeopaticamente
Um amor que ressurge,
Nos cantos e recantos
Desse caminho ainda indefinido.

De repente
Tudo isso
Não se justifica mais,
Ela acaba de chegar
E diz que comigo
Quer se casar.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 22/07/2006
Código do texto: T199586
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:29)
Condor Azul