Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0760 - Preciso de Você




A solidão não é nenhum talvez,
os desejos que tenho, a paixão que te trouxe,
sozinho, lembro, o amor não é nenhum talvez.


Separei o amor das nossas loucuras,
ficaram perto demais do ontem,
misturei de novo cada pedaço, cada palavra.


Voltarei a gritar dentro do seu corpo,
estou presente na alma que tanto amo,
a solidão fica ausente nas noites que tenho você.


Vem, provoca mais deste sentimento,
deixa seu corpo ser o presente do meu,
quero o amor louco, ainda mais quando não é sonho.


Confesso que não sei falar de amor,
juro alguma coisa para que não se vá,
sei amar, como sente, não aprendi a falar de amor.


Não desejo a solidão, não a liberdade vigiada,
posso mudar, se o meu amor mudar pra você,
então serei o rascunho da paixão e o original do amor.


24/07/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 24/07/2006
Código do texto: T200879
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116248 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:55)
Caio Lucas