Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como se fosse o amanhã

Como se fosse o amanha o amor não passa,
Sempre existirá outro amanhã

Como a imagem na água da nuvem,
Sempre existirá uma amanhã

Mas,
Não quero me enganar de novo,

O amor inteiro acontece
Tudo florece
O calor nos aquece

A chuva aparece
E esfria o sol que nos rege

Entre a tristeza e a felicidade
Existi a loucura, que é o amor
Que não escolhe seus caminhos
Disvirtuam nossos instintos
E se mistura com a dor

Como as estações, que sempre voltam por um tempo
Vivo alguns momentos
Que sempre são passageiros
Quando lembro do amanhã
Que sempre existirá amanhã.
Fabio Melato
Enviado por Fabio Melato em 26/07/2006
Reeditado em 06/08/2006
Código do texto: T202155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melato
Taubaté - São Paulo - Brasil, 33 anos
37 textos (2306 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:19)
Fabio Melato