Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR AUSENTE


Amor ausente
é um campo sem a ceifa,
é água que mal brota e logo,
se esconde no grotão !

É uma nuvem bem rala
que na brisa esbarrando,
não cumpre o destino da chuva,
de vir beijar o chão .

É o Halley que passa
bem em frente à vidraça,
enquanto dorme e sonha,
*Camille Flammarion !

É um grito mudo ,
sorriso sem boca ,
olhar sem brilho ,
pulsar sem coração !

Amor ausente
é sol só no ocaso ,
é hiato persistente
de duas vogais sem razão !



*Astrônomo Francês , estudioso do tal cometa
e que na noite de sua passagem , diz a história , ele dormia !



SBC-SP-José Alberto Lopes.
Dez.-2002
José Alberto Lopes
Enviado por José Alberto Lopes em 26/07/2006
Código do texto: T202322
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Alberto Lopes
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
594 textos (36554 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:22)
José Alberto Lopes