Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Doce Ilusão

Ah, sem motivação
eu não vou esquecer daquela dor que está no coração
e que é a expressão do sofrer.

Mas eu não quero, não,
o que pode fazer que aquela dor seja a assombração
que me tira a razão de viver.

Eu já não sei se quero pensar
que é de noite que vou morrer de rir.
Mas quando o dia surgir, eu vou encontrar
mais solidão e mais aflição pra me atormentar.

Mais motivação
para me esquecer daquela dor que está no coração...
A mais pura expressão do sofrer.

Mas alucinação
nunca vai resolver, pois é pequena toda a duração
dessa doce ilusão de viver.

A natureza pode ajudar.
O sol é forte e vai me queimar assim...
Andando pelo jardim, vou logo chegar
na cachoeira lá da ribeira pra me molhar.

Ah, alucinação
Lá, laia-á, lá, lái-á, lá, lá, lá, lá...
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 28/07/2006
Código do texto: T203681

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:05)