Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando digo

Quando digo
(Débora Acácio 20/04/2000)

Quando digo que te amo
Estou falando a verdade
Amo a mim e a tudo que demais existe
Amo o outro...
Que reside aqui
Dentro de mim

Quando digo que o mundo é um jardim
É porque só vejo flores
Vejo também homens bonitos e feios
De atitudes sensatas e esquisitas

Digo que tenho esperança
E esta é a ultima que morre
Se é que a morte existe
Espero dias melhores
Um mundo melhor
Ver, ser e sentir
Um belo jardim

Se digo que a morte não existe
É porque a vida é uma só
E não a quero imortal
Quero esgotar o possível
E superar o impossível
Quando se tem tempo e esperança
Nada é impossível

Débora Acácio
Enviado por Débora Acácio em 28/07/2006
Código do texto: T204048
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Acácio
Salvador - Bahia - Brasil, 44 anos
557 textos (18497 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:26)
Débora Acácio