Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dona Florinda, se não for incomodo.

Dona Florinda, se não for incomodo,
aceito a xícara de chá.
Trouxe-lhe estas flores,
são de lindas cores.
Trouxe-lhe meu cacha,
Dona Florinda, se não for incomodo.

Eu, Professor Girafaleo aceito
o teu cortejar e amar,
sou apenas aprendiz,
da lousa o giz,
pra você vou cantar
explodir a voz no peito.

Dona Florinda e o Professor,
Kiko, Chaves, Chiquinha,
presto minha homenagem,
nesse versos e colagem.
Lembro-me do Madruga magrinho.
Quero ser lembrado com amor.

Professor Girafaleo
sei sou falho
sei sou parecido
uso bigode e sou esquecido.
Na academia malho,
enfim, lembro Professor Girafaleo.
Arlindo
Enviado por Arlindo em 28/07/2006
Código do texto: T204062

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arlindo
Itapetininga - São Paulo - Brasil, 55 anos
42 textos (1949 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:17)