Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TODA VEZ...

Toda vez que faz frio penso em você,
Seus braços quentes como estampados edredons,
Suas palavras caindo em meus ouvidos como sons,
A beleza do teu rosto invadindo meus olhos,
A simples visão dos teus lábios
Arrepiam os meus...

Toda vez que passo por estradas naturais,
Vejo você como a flor mais bonita,
Procuro entre os pássaros e as águas dos riachos
E não há verso que possa dizer o quanto te amo...

Toda vez que o mundo está cinza
Me lembro do teu sorriso iluminando à sua volta,
Tua vontade de querer que o querer seja
Tudo o que uma pessoa possa querer...

Toda vez que me sento aqui para escrever,
Acredito que haja céu e que, de algum lugar,
Você esteja dizendo o que sempre disse à mim,
Que vale a pena amar, nem que seja para aprender
Que o amor pode partir um coração,
Mas que pode deixá-lo inteiro outra vez.




Preto Moreno












Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 29/07/2006
Reeditado em 29/07/2006
Código do texto: T204707

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6768 textos (102467 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:02)