Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


DEVANEIOS
 
 
Na sala escura,
murmúrios...
Corpos nus embalam
a dança da sedução.
 
A pele implora por toques,
retoques do amor que
devasta a razão.
 
Por instantes inesquecíveis
a realidade se refugia
no anonimato da paixão.
 
No segredo da noite,
turbilhões de sentimentos
invadem a leveza do ar
e corações batem num só cadenciar.
 
Tudo ao redor se harmoniza,
quando almas se identificam
e a madrugada energiza
a eternidade da fusão:
o mundo cabe em nossas mãos...
 
Nossos olhos tudo falam,
enquanto bocas molhadas
se encontram e se desencontram
do véu selado da solidão.
 
O desaguar das emoções
descortina os sentidos
desibinidos pelo desejo,
que arde como fogo
e se reflete na euforia
da sublime rendição.
 
O vento sopra o tempo em meu rosto
e desperto dos delírios,
aquecidos pelos devaneios da saudade...
 
Nossos corpos nus, são hoje
recortes de pensamentos,
pedaços de momentos
que invadem minha metade...
 
Nossos beijos são açoites
no silêncio da noite.
Na mesma sala, ora vazia
onde meu corpo ardente
se ressente do seu,
não mais presente...
 
 
2006
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 29/07/2006
Reeditado em 07/07/2011
Código do texto: T204947
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60687 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:37)
Anna Peralva