Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pescador e a sede.





O mar atrás da casa
Vem por segredo
Que seja numa manhã
Qualquer manhã.

Um tesouro pode desembarcar
Espera-se uma sereia
Que entre pela porta dos fundos
E torna-se rainha desse lar
Onde o dono
Todas as noites
Chora as suas redes vazias
Em alto mar.

Vive de pesca
Mas, procura a felicidade
É apaixonado por historias do mar
Concorre ilusoriamente
Com a sua mágica.

O tempo passa
Acumulando o teu amor
Juntou relíquias
Mas, sabe que o valor material
Não é a sua dor.

Que o coração suporte...
E só uma seria
Pode mudar o seu destino.

Assim acontece
Numa tempestade
O mar revolto
Trás pelo teu desejo
Uma flor do mar
Com o doce nome de Helena.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 30/07/2006
Código do texto: T205230
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26288 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:28)
Condor Azul