Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DU PEU QUE NOUS NE SAVONS JAMAIS

Auteur: Joaquim Moncks
Traducteur: Ethel Pacheco

Mon aimée:

si je suis la pluie,
et tu es la terre avide
il vaut remercier
l’amour de la larme,

l’unique baiser
de qui se fait
ou se sait l’amour.

– Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 94. Versão no idoma francês : http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/205610

– O original em português, "DO POUCO QUE NUNCA SABEMOS", foi publicado no Recanto das Letras – Sítio para Escritores, em 20Jul2005: http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/35926
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 30/07/2006
Reeditado em 09/11/2011
Código do texto: T205610
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:55)
Joaquim Moncks