Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTAÇÕES SEM RISOS

Por resistência qual parou o sorriso
Do casal namorado de plantão?
Por que nestas criaturas está tão
Fria! Tão enuviada! Via do riso?

Por que a rosa carmim não desabrocha
O sorriso nos lábios sem sutura?

Por que o sol nas manhãs não luz na serra
E o riso resta rígido igual rocha?

Por que a uva na parreira não adocica
O sorriso nas bocas com fartura?

Por que há o orvalho gélido na terra
E restas amargor riso... Igual cica?
(Alexandre Tambelli, respondendo um texto enviado por Brisa® em meados de 2003).

Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 31/07/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T205795
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116444 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:00)
Alexandre Tambelli