Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite Fria

E já dizia Gonçalves Dias, meu poeta predileto:
 -"Aí,não me deixes,não!"

...A noite fria
   Lua minguante
   Vigia-nos do céu
   Em alerta máximo
   
   O vento teima
   E pelas frestas
   Sútil e gélido
   Invade o quarto

   Meu corpo estremece...

   Doce e gentil
   Você canta Chico Buarque
   Faz poema
   Fala da chuva

   Sou sua esmeralda
   Verde e clara,
   Como a têz
   Que você ainda não pôde fitar

   "Por onde eu ande aqui nessa cidade,
    Tem sempre alguma coisa me trazendo você";
    Diz o texto que você envia...

    E daqui da Serra da Mantiqueira
    Bem do alto das Gerais
    Entre saudades e ais...
    Eu peço à você:

..."Aí,não me deixes não"!
   
       
Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 31/07/2006
Reeditado em 31/07/2006
Código do texto: T206153

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89323 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:36)
Syl Signoretti