Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GUITARRA

O ECO DO SOM BATE EM MEU CORPO
SENTINDO A BALADA DE UMA NOITE
DE ILUSÕES
FANTASIAS
PEDIDOS
SUPLÍCIOS
AMORES
O SOM NÃO SAI DA MINHA ALMA
É O GRAVE DA GUITARRA QUE BERRA
QUE GRITA
QUE GEME
QUE CHORA
QUE PEDE
QUE A VIDA CONTINUE NO EMBALO DAS LUZES
DAS CADEIRAS
E MESAS
E OS COPOS CHEIOS DE ORGULHO
VAIDADE
SAUDADE
E SANIDADE
NÃO IDADE PARA TER SANIDADE
NORMAL OU ANORMAL
COMO O RÉ MAIOR
OU FÁ MENOR
DO EMBALO DO RITMO DAS CANÇÕES
ENTUSIASMANDO NOSSOS CORAÇÕES
DA NOITE FRIA
QUE NEM AS ALMAS DOS FILÓSOFOS
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 29/05/2005
Reeditado em 19/06/2005
Código do texto: T20618
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:13)
Milton Nunes Fillho