Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁRIA REAL


Dizes pra mim que já releste
Meus poemas muitas vezes...
Com teu olhar de carinho...
E de ternura agita
Tua alma inquieta...
E com um orgulho
Muito feminino
Chamaste-me de poeta...
Oh! Alma bendita,
Oh! Anjo divinal,
Meus versos é o teu cantar
Por isso não tenho desdita
És também a ária real
Que vou agora
Ao som da arpa entoar.
tancredo
Enviado por tancredo em 01/08/2006
Código do texto: T206744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65149 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:39)
tancredo