Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE PERDIÇÃO

Pitonisa tépida vem quando não te espero
Sempre chega ao seu bel prazer
Entra no meu viver e se apossa do meu mundo
Como permanece difícil não te querer
Quero o teu corpo a qualquer preço

Entra pela abertura no meu ser apaixonado
E quando vem me deixa impulsivo
Quero que vás apesar de tudo
E assim quando partes o tempo para
Tento esquecer-te em vão, pois é impossível...
 
Nesse momento divago a tua procura
Caminho trôpego e sem sentido
Numa procura interminável
Ensaio qualquer verso pra você
Meus talentos estão ao seu dispor
Preciso de você como a vida de sangue
   
E o dia da luz do sol
Numa tempestade de agonia
Minha vida tornou-se um inferno
Desde que te conheci quero não te perder
Porque te amo e venero em mil graus
 
Minha ambição pelo seu amor não tem fim
Um gosto dessa alma aflita
Depois que te apossaste do meu coração
Sou teu servo sem vontades só as suas
Calíope minha vem ser meu amor
Sirena seus encantos são minha perdição.

                          Herr Doktor
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 01/08/2006
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T206837

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21375 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:14)
HERR DOKTOR