Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisa estranha me acontece a cada dia
Sensação de estar ausente, e sem magia
Intuito de perder o meu caminho
Ou de estar sem energia, e tão sozinho

Coisa estranha é acordar, e de repente
Imaginar que o pesadelo, acabou
E só depois, perceber, que é presente
Tudo aquilo que o meu sono me legou

Coisa estranha é me sentir tão mal assim
Consumido em pensamentos de ansiedade
Persistir eu tento, mas a mim
Retornam sempre como feras sem piedade

Coisa estranha é esse triste sentimento
Possuindo todo o espaço do meu ser
Resistir, até que Deus por um momento
Dê-me a chance, de fazer por merecer
O Guardião
Enviado por O Guardião em 01/08/2006
Reeditado em 05/03/2008
Código do texto: T206911
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34437 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:27)
O Guardião