Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR SELVAGEM






Na razão alienada da emoção
Enrosco-me nesse amor selvagem.

Entre risos longos e fartos
Desfaço meu olhar que rasga
Céus e terras...

Nesse amor onde rola
Sons em abraços
A vida fica sem espaço
Em corpos que se refazem
Da euforia.

Farto-me nesse amor selvagem
Que na primavera brota flor
Em sorriso.

Nesse recanto onde adormeço
Meu cansaço, rejuvenesço em alma
E respiro o que embebe
Meu ser em juízo.

Neila Costa
Enviado por Neila Costa em 02/08/2006
Código do texto: T207608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neila Costa
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
105 textos (3964 leituras)
66 áudios (3351 audições)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:02)
Neila Costa