Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CÉU DOS DESENCANTOS/E DOS ENCANTOS DELE


CÉU DOS DESENCANTOS



Arrumei a um canto do meu quarto
pedaços de solidão.

Espalhei no céu dos  desencantos
pétalas de paixão
e
ondas e ondas de AMOR.

E, no meu coração
desenhei o teu sorriso
colado naquela noite
em lençóis de cetim...


Amália Lopes


Eu pensei desencantos,
ELE ACHOU ENCANTOS
Eu quis arrumar a solidão
ELE ABRIU A JANELA E ESPANTOU-A
Eu desenhei o teu sorriso
ELE PINTOU O MEU SORRISO
Eu dormi em lençóis de cetim
ELE TEVE PRAZER...NO CETIM DOS
LENÇÓIS...

Obrigada amigo, por teres
tornado os meus desencantos
nos encantos TEUS.

Amália LOpes



CÉU DOS MEUS ENCANTOS


Abri a janela do seu quarto
espantei a solidão.

Recolhi no céu dos meus encantos
suas pétalas de paixão
e das ondas do seu AMOR
compus uma bela canção.

E, no mais íntimo do meu ser
pintei o teu doce semblante,
lembrança daquela noite
de inesquecível prazer.

Wilson Carlos Roberto
01/08/06

amaliapoemass
Enviado por amaliapoemass em 02/08/2006
Reeditado em 03/08/2006
Código do texto: T207753

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
amaliapoemass
Portugal
91 textos (4004 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:49)
amaliapoemass