Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigo amor

Eu tenho um poema para você, desses que ainda não escrevi
Ele mergulha em meus pensamentos por todos os lados...
Pego-me compondo os versos do jeito que vão fluindo
E eles correm como orvalho que escorrega na verde palma
Vão e vêm, filmando a imagem do seu rosto, sem que o veja
E me retornam melodiosos, num formato de secreta emoção!

Eu tenho um poema aflorando com veemência, quase um prelúdio
Pra você doce amigo, pra você imperdível e eleito amor ...
E ele me arromba os átrios, desejando se extravasar num efeito pontual...
Flagro-me querendo lhe dizer que pode recostar-se em meus ombros
E podes chorar e sorrir quanto exija seu arroubo de desejo e sensibilidade
E ainda deitar seu riso ou pranto no meu colo que é tão seu...

Eu tenho um poema, dois, três, um compêndio a você endereçado
Amigo do meu amor desmedido, se soubesse quanto  me inspira o coração!
E quanto mais componho, mais versos frondosos, fortuitos e infindos me vêm...
Eles se põem a dizer estrofes belas, surgidas na medida da sua existência, amigo amor...
Em você tenho meu próprio poeta e nosso próprio poema
Que de longe escrevemos, vibrante e puro, sem pressa de terminar...

Eu tenho um poema para você, este que estou acabando de escrever...
Poeta amigo, de quem tomo a dor mesmo com as mãos, se o precisar...
Poeta amor, a quem devolvo em dobro o sentimento dedicado
Nos versos que nunca se esgotam e nascem no interregno do  segundo...
Transponho a poesia ao amigo amor, cúmplice que a reconhece por toda a ternura que me entrega até mesmo pelo evento de existir...
Importa que de tanto abrigar e eternizar forte e sublime milagre da criação
Tornei-me um pouco aspirante a poeta, com esse dom completamente seu!
Nalva
Enviado por Nalva em 03/08/2006
Reeditado em 27/07/2017
Código do texto: T207999
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nalva
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 49 anos
102 textos (15852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:14)
Nalva