Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Efêmero


Um abraço, foi o que apenas restou!
Ou sobrou de um grande amor
A lua majestosa que no lago refletia
As caricias os sussurros o abraço carinhoso apertado

Entre as nuvens se escondeu
As estrelas entrelaçadas
Que corações formavam
Desprenderam-se com tristeza

O silêncio que os olhos trocavam
E tudo podiam dizerem
Se perderam na escuridão
E nem os astros conseguiram compreender

Assim se fez á noite
Onde existia o dia
Apesar do abraço apertado
O calor deixou de nascer

Caminhar sem euforia
Colar nas paredes as poesias
O retrato o álbum de fotografia tentar a fantasia reviver
Uma utopia e por quê?

Utopia pensar no amor
Utopia tentar entender
Utopia fazer das palavras
Utopia pensar em você

Se tudo que eu mais queria
Minha utopia não conseguiu compreender
Pois buscava a beleza
Onde existe o mais belo ser

Utopia foi achar
Que dono de tudo eu poderia seria
Utopia foi acreditar
Que eu poderia viver sem você

Utopia a única palavra que posso dizer
Diante de quem partiu apressado
Se esquecendo que o amor vive ao lado
Utopia é não ver

 

Robert Jorge
Enviado por Robert Jorge em 03/08/2006
Código do texto: T208150
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Robert Jorge
São Paulo - São Paulo - Brasil
120 textos (3920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:13)