Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falta de brio


Falta-te
brio,
orgulho
por ti
próprio,
tens
de aprender
a gostar
de ti

(se tu não gostares de ti, quem gostará!)

no vazio
vês-te
sozinho,
tens
de dar
calor
à vida

nada
te chega
através
da noite
escura
e o luar
sufoca-te,
então
fechas
a janela,
já nada
esperas

que
noite
feia,
que
pressentimento,
agouros,
sonhos
medonhos,
abrutes
sobrevoam
a tua
cabeça,
tua memória
enfraquece
e teu corpo
arrefece

trancas-te
em vida,
nada
deixas
transparecer
mas,
ao mesmo
tempo
queres
viver

então,
soltas
as amarras,
abres todas
as janelas
e o sol
que vem
raiando
vai
entrando,
vai
dando cor
à tua
vida

e hoje
quando
te julgavas
perdido,
o amor
bate-te
à porta.




Fera Ferida
Enviado por Fera Ferida em 04/08/2006
Código do texto: T209065
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fera Ferida
Portugal, 41 anos
59 textos (1660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:42)
Fera Ferida