Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um homem, quando ama uma mulher

Um homem, quando ama uma mulher,
transpõe o que chama de paz
e passa a viver a tormenta
absoluta das grandes e impiedosas
tempestades.

Um homem, quando ama uma mulher,
retalha-se em pedaços de luar.
Emerge das noites solitárias
e, como a primeira chuva de primavera,
ressuscita o jardim de emoções perfumadas,
sem o mínimo pudor... com a máxima insensatez...


Um homem, quando ama uma mulher,
transcende a incapacidade de
dizer: Eu amo você!!!
E diz...de todas as formas, diz...
A menina que dança em seus olhos
é o ser amado, desejado.
Há a confluência da alma e do coração:
beija-flor num jardim florido;
estrelas que caem no céu iluminada;
desejo realizado.


Um homem, quando ama uma mulher,
voa com o vento soprado por Deus.
E dos lábios da mulher amada
faz jorrar o mel que lambuza os seus.
E do ser da mulher amada
faz ressurgir o Ser-Luz que, um dia,
havia se perdido, que um dia se perdeu...


Um homem, quando ama uma mulher,
encontra-se Ceiva nas veias,
nas artérias daquela que o resgatou
do Nunca-Ser-Essência.
E, na infelicidade feliz dessa real
verdade, percorre-lhe o corpo
e passa a ser a Vida para essa mulher.
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 05/08/2006
Código do texto: T209953

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29993 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:47)
SueliFajardo