Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CATIVEIRO DO AMOR

CATIVEIRO DO AMOR
Marcial Salaverry

O coração não é uma prisão...
são livres suas doces emoções,
quando temos amor no coração...
Entregando-nos à felicidade,
sentimos sua realidade...
Para sentir esse calor,
basta viver um lindo amor,
para que tua vida sinta todo esplendor...
Esse amor te levaria eternamente
à felicidade, simplesmente...
Não deixe a vida morrer cativa,
pois a emoção sempre ativa,
vai trazê-la à vida num instante...
Não se cale... não se reprima,
ligue o rádio, a TV... solte um grito...
e assim logo se anima...
Viva o amor... o momento,
mesmo que sinta algum tormento...
Todos os instantes ficarão iluminados,
com fulgor dele emanado...
Resista, tenha uma reação forte,
puxando a força do amor...
Então... devaneie... solte-se,
e às belezas do amor, entregue-se...
Por que sentir tristes lamentos,
incoerentes, desanimados,
se podes viver momentos apaixonados,
que estão perto... latentes?
O amor bem vivido, traz a felicidade, simplesmente...

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 07/08/2006
Código do texto: T211118
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19857 textos (1962866 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:03)
Marcial Salaverry