Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

com som em
http://www.moacirindio.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=211431

CANTO DE ORFEU


'é, Eu não sou dessas mulheres
que ficam caídas por estranhos.
assim, alcança-me, se puderes,
e se tiveres poderes tamanhos!'.

então, sai a correr em disparada,
deixando, por rastro, Sua risada;
conhecedor de Sua pisada alada,
busco alcançá-La é na arrancada.

porém, prá pegar um raio de luar,
há que se ter u'a língua-de-prata;
procuro eu me animar, não amuar,
vou cantar prá essa divina 'Gata'!.

e, ao ouvir o meu 'Canto de Orfeu',
ELA volta e diz: 'Meu Amor é teu!'

Moacir et Selena 2006
brilhe a vossa LUZ!

diante dos deuses a ti canto louvores

(Salmos 138:1)


***** glossário *****

Orfeu: célebre aedo da era pré-homérica, filho de Éagro, rei da Trácia, e da Musa Calíope (Musa da poesia épica), segundo outros de Apolo e Clio (Musa da história). Cantava e tocava a lira com tal perfeição, que até as feras se aquietavam e vinham deitar-se a seus pés. Tendo Eurídice, sua mulher, morrido da picada de uma serpente no mesmo dia de seu casamento, quando fugia ao assédio de Aristeu, desceu Orfeu ao inferno para buscá-la e conseguiu, com seu canto mavioso e o som da lira, que as divindades infernais lhe permitissem levá-la, sob a condição de não olhar para trás até que transpusesse os limites do inferno. Não resistindo à sua impaciência, voltou-se para ver se Eurídice o seguia, e nesse mesmo instante ela desapareceu. Foi fulminado por Zeus ou, segundo outra lenda, despedaçado pelas Bacantes . Atribuía-se-lhe a invenção da lira e dos rituais mágicos e divinatórios, origem de seitas místicas, a que se deu o nome de orfismo.
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 07/08/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T211431

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71199 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:43)
Moacir et Selena

Site do Escritor